wrapper

Plantão

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí ( TCE-PI ) vai julgar nesta quinta-feira dia 08, uma denuncia de irregularidade na prefeitura de Luzilândia. A denuncia é contra as Leis de nº 31/2016 e 32/2016 que foram publicadas em janeiro de 2017, e não teriam obedecido aos prazos para fixação dos subsídios do prefeito, vice e vereadores.

A denuncia foi apresentada pelo Dr. Gilberto Júnior e questiona o fato da lei que aumentou os salários dos gestores públicos ter sido publicada em 2017, quando a Constituição Estadual determina que a aprovação deve acontecer 15 dias antes das eleições.

O prefeito Ronaldo Gomes, explicou que admitiu a inconstitucionalidade da lei que tinha sido aprovada em 2016, e por isso determinou que ela não fosse aplicada e que assim a situação estaria regularizada.

Em parecer, o Ministério Público de Contas, Maria Raissa Rezende, apresentou parecer se manifestando pela procedência da denuncia, “ os pagamentos dos subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais ocorreram na forma da legislação municipal aprovada fora do período legal, razão pela qual permanece o cabimento da penalidade de multa”.

Fonte: GP1

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Blue Green Red Radian
Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family