Piauiense ganha prêmio do MEC com projeto que reduz consumo de energia

Lucas Cruz Soares propôs utilizar painéis solares em fachadas da UFPI.
Projeto de economia de energia rende prêmio de R$ 5 mil ao estudante.

Um projeto que reduz o consumo de energia rendeu ao universitário Lucas Cruz Soares, 23 anos, um prêmio de R$ 5 mil. O jovem estudante recebeu na quarta-feira (15) em Brasília o prêmio do Ministério da Educação por desenvolver um projeto que utiliza painéis solares em fachadas dos prédios da universidade.
Lucas foi o primeiro lugar do Prêmio Ideia, promovido pela Subsecretaria de Planejamento e Orçamento (SPO) do Ministério da Educação. O MEC promoveu uma consulta pública para identificar e avaliar ideias e boas práticas de redução de gastos e incentivo à sustentabilidade.
A ideia do piauiense foi superior aos 18.277 trabalhos apresentados pelos 13.452 participantes. Lucas Cruz é aluno do 8º período do Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e contou ao G1 que a idealização do projeto surgiu em 2012, após temporada de um ano na Espanha e Irlanda.

“Quando estive nestes países conheci o projeto e vi o quanto ele era produtivo. Os resultados são muito positivos e depois de estagiar em uma das instituições que utilizava painéis solares em fachadas dos prédios, eu decidi que quando retornasse ao Piauí iria desenvolvê-lo também”, disse o universitário. 

O estudante recebeu um certificado do ministro da educação, Renato Janine, e um cheque de R$ 5 mil para investimento pessoal. Já a Universidade Federal do Piauí recebeu R$ 3 milhões para implantar o projeto.
“É muito gratificante ter o reconhecimento de uma ideia. Saber que um projeto ajudará a minha universidade na redução do consumo de energia. Agora vamos implantar o projeto com os R$ 3 milhões que o MEC destinou para a UFPIi”, ressaltou.

Lucas Cruz faz parte do Grupo de Eficiência Energética formado por estudantes e professores da UFPI que desenvolve projetos voltados para redução do consumo de energia elétrica e água. O professor Fábio Rocha, que acompanhou o projeto, também foi premiado ao ficar em 2º lugar e recebeu R$ 2,5 mil.

Além disso, a dupla também conquistou os primeiros lugares no Prêmio Ideia ao apresentar um projeto que prevê redução no consumo de água. Nesta categoria, o professor Fábio Rocha ficou em primeiro lugar e Lucas em segundo. Ao todo, cada um ganhou R$ 7,5 mil.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Informações Adicionais